Últimos assuntos
» Nossos Filhos nos Acusarão (legendado)
Dom 14 Abr 2013 - 14:16 por jerry

» UMA FAZENDA PARA O FUTURO
Qui 4 Abr 2013 - 20:30 por jerry

» Muito Além do Peso (2012)
Sab 16 Mar 2013 - 22:11 por jerry

» Quem se Importa (2012)
Seg 4 Fev 2013 - 22:52 por jerry

» Luto em Luta (2012)
Ter 22 Jan 2013 - 20:35 por jerry

»  The Suicide Tourist (2007)
Dom 15 Jul 2012 - 23:28 por jerry

» There's no Tomorrow
Sab 5 Maio 2012 - 22:47 por jerry

Votação

Para os que possuem TVs pagas: Você já aderiu ao sistema HD?

 
 
 
 
 

Exibir resultados


10 micos da TV que bombaram no YouTube

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

10 micos da TV que bombaram no YouTube

Mensagem por Vânia em Seg 22 Nov 2010 - 6:52


Maltratar um colega de trabalho, ser flagrado sob o efeito de remédios ou ainda deixar escapar frases mal feitas, que revelam arrogância e preconceito. Muitos de nós, na intimidade do lar ou em roda de amigos, já se viu em dificuldades parecidas e viu seu constrangimento morrer onde começou.

Mais grave, porém, é quando isso ocorre na frente das câmeras de um canal de TV aberta e o erro individual é amplificado pelo repositório do YouTube. Ansioso pelo fracasso alheio, o público prestigia com peculiar prazer o tropeço do próximo. Abaixo, dez momentos da TV brasileira em que os protagonistas gostariam de não ter dito — ou feito — publicamente o que fizeram.

1 – “Você não tem experiência”


2 — Sanduíche íche íche


3 — Disputa por vaga em estacionamento na Globo


4 — William Waack ofende colega ao vivo


5 — Bruno Aleixo aplica trote em pastor


6 — Maitê faz piada com portugueses


7 — Furiosa, Ana Maria Braga extrapola


8 — “A África do Sul é logo ali”(Fernando Vanucci Bebado)


9 — Festa da Uva eletrizante


10 — Boris Casoy ofende garís

Mini Lua

Ruth Lemos se atrapalhou com o 'ponto' que estava ouvindo e caguejou, mas na verdade ela não é gaga.
Mas que ficou engraçado, ah isso ficou...hehehehe

Lamentável os comentários de Maitê Proença....

_________________
Quando você se sentir sozinho, pegue o seu lápis e escreva. No degrau de uma escada, à beira de uma janela, no chão do seu quarto. Escreva no ar, com o dedo na água, na parede que separa o olhar vazio do outro. Recolha a lágrima a tempo, antes que ela atravesse o sorriso e vá pingar pelo queixo. E quando a ponta dos dedos estiverem úmidas, pegue as palavras que lhe fizeram companhia e comece a lavar o escuro da noite, tanto, tanto, tanto… até que amanheça.

Rita Apoena
avatar
Vânia
Administradora

Feminino Mensagens : 4027
Data de inscrição : 07/04/2009
Idade : 52
Localização : São Paulo

http://visaoemfoco.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum